domingo, 10 de abril de 2011

O que te desgasta?

Me desgasta o ser humano estar do jeito que está. Me desgasta o egoísmo. A falta de valores. Me desgasta pôr roupa no varal. (rs!) Me desgasta essa falta de compromisso que todo mundo cisma em ter. Me desgasta essas músicas ruins e respectivas bandas que surgem atualmente. Me desgasta o fato de cada vez mais as pessoas não terem esperança numa mudança efetiva da situação em que todo mundo se encontra. Me desgasta esses ecobobos. A politicagem. Me desgasta o capitalismo tomar a frente em tudo. Me desgasta a manipulação (e muito). Me desgasta a ignorância, e como me desgasta. A incompreensão também. Me desgasta a falta de amor e o excesso dele. Me desgasta a superioridade. Me desgasta não ter água no filtro. Nem gelo. Me desgasta estar longe da minha mãe. Me desgasta chorar. Me desgasta esse mundo onde é tudo superficial, de plástico. Até os sentimentos. Me desgasta o Vasco perder. Me desgasta a Brahma ser 4 reais. Minha franja me desgasta. A saudade me desgasta, com o perdão da palavra, PRA CARALHO. Ah, me desgasta. Hoje tá tudo me desgastando. Até eu mesma.

"Her green plastic watering can
For her fake Chinese rubber plant
In the fake plastic earth
That she bought from a rubber man
In a town full of rubber plans
To get rid of itself

It wears her out, it wears her out
It wears her out, it wears her out."
(Radiohead - Fake Plastic Trees)

2 comentários:

botelhow disse...

tirando a parte do Vasco... compreendo vc.
Mas cê ta muito véia reclamona hein!? ;P

Jaqueline disse...

Me alegra crer que o ser humano é bom. Me alegra a solidariedade. A presença da ética. Me alegra ter roupa pra colocar no varal. (rs!) Me alegra ter compromisso em tudo que faço. Me alegra o fato de podermos ouvir muita música boa. Me alegra ter esperança e atitude para mudar o mundo pra melhor. Me alegra saber que os ecobobos são a minoria. Alegra-me saber que existem políticos bons e que nem tudo esta perdido. Me alegra ter dinheiro pra sobreviver. Me alegra o discernimento que não permite a manipulação. Me alegra a sabedoria, e como me alegra. A virtude também. Me alegra o carinho e o excesso dele. Me alegra a igualdade. Me alegra ter água pra matar a sede. E gelo em saquinho no mercado. Me alegra ter msn, Skype, Facebook, e mail, Blog, Orkut, pra matar a saudade da minha mãe. Me alegra sorrir. Me alegra esse mundo onde é tudo real, de verdade. Inclusive os sentimentos. Me alegra o Fluminense vencer. Me alegra cerveja na promoção, menos Bavaria. Minha família me alegra. O amor me alegra, com o perdão da palavra, PRA CARALHO. Ah, me alegra. Hoje tá tudo me alegrando. Até eu mesma, sempre. Te amo Japa,concordo com o Botelho levanta este astral!!!!!!!

“A vida é feita de atitudes, existem pessoas que falam e pessoas que fazem!”