quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Bon voyage!

"O que me mata é o cotidiano. Eu queria só exceções."
(Clarice Lispector)

Vai dizer que nunca teve vontade de embarcar em uma aventura sem destino, no estilo mochileiro? De acordar, comprar uma passagem pra qualquer lugar e ir sem lenço e sem documento? "Neverland", Paris, Fernando de Noronha...Qualquer lugar serve! Só de você ter sonhado ou se atrevido, já basta.

Muitas vezes o que nos falta é coragem (ou dinheiro), porém às vezes desconhecemos lugares que estão perto de nós. Queremos partir para a Ucrânia, mas ao menos atravessamos a rua para ver o que tinha lá do outro lado da calçada.

A grande questão é que "ninguém" se atreve, falta emoção e diversas outras coisas que tornam a vida cada vez menos excitante.

VIVER É EXCITANTE, mas ninguém entende isso (não generalizando). Não ultrapassam fronteiras, não provam do desconhecido, não riem do ridículo. Resumindo: Não vivem!

Viver se tornou tedioso, rotineiro e banal. Não há mais mistério, não há mais paixão e falta mais bom-humor ao nosso redor.

Atreva-se, sem ter medo do que vão pensar de você. Viaje, há diversos lugares no mundo que valem a pena visitar. Leia, é através da leitura que enriquecemos nossa cultura. Acima de tudo: Viva e "não tenha vergonha de ser feliz".

Na mala leve o necessário, não leve remédios, computador, celular, nada! Tire um dia livre pra você e aproveite. Feche os olhos e escolha o lugar, uni-duni-tê, tanto faz... Irá valer a pena. O estresse diminuirá e um sorriso com certeza brotará no seu rosto.

"A Felicidade é tão somente um momento perdido na imensidão do cotidiano."

(Aprigio Barcelos)


Um comentário:

botelhow disse...

"... e use filtro solar..."